ENTREVISTA: Kat McNamara revela quais são suas maiores girl crushes
04 de abril de 2016 categoria principal: Entrevistas
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat listou as dez mulheres que influenciam sua vida ao site SheKnows. Confira:

Toda semana, uma celebridade diferente nos conta suas maiores girl crushes para o #WomanCrushWednesday. Essa semana, Katherine McNamara está compartilhando conosco sua lista – e tem um monte de grandes nomes de Hollywood.

1. Minha mãe Ursula.
Minha maravilhosa, linda, forte, carinhosa mãe. Ela tem sido meu amparo a vida toda. Nós já estivemos em momentos infernais juntas e ela apoiou a mim e a meus sonhos. Ela é uma cientista treinada e lutou para conseguir seu lugar num campo dominado por homens, o que foi uma grande inspiração para mim em correr atrás da minha carreira, o que requer perseverança. A ênfase dela em inteligência e a importância da educação foi inestimável em me mostrar exemplificadamente o que significa ser uma mulher trabalhadora confiante, forte e educada.

2. Minha avó, Nickole.
Minha insubstituível, corajosa, gentil e criativa avó. Minha avó é a matriarca da minha família. Na carreira, ela conduzia as salas de emergência em vários hospitais cheios. Não estou brincando quando digo que essa mulher viu de tudo. Ela sempre é capaz de encontrar algo que a faça sorrir em qualquer situação e trata todas pessoas que conhece com generosidade e gentileza. Ela também me inspirou em seguir minhas paixões criativas, porque em sua aposentadoria ela é uma artista de aquarela. Ver o quanto o trabalho dela a deixava feliz quando eu estava crescendo me deu coragem de ir atrás das minhas paixões criativas.

3. Elaine Stritch.
Elaine Stritch foi uma das maiores mulheres incríveis que já conheci e acredito que vou conhecer. Ela me ensinou a nunca ficar com medo de ser eu mesma e de falar o que penso. Elaine era uma das mais trabalhadoras e talentosas pessoas que eu já vi. Ela nunca deixa alguém a dizer não, e ela sempre defendeu o que acreditava ser certo. Ela me colocou debaixo de suas asas e me ensinou tanto sobre a vida, a indústria e como ser uma mulher. Eu nunca vou me esquecer dos seis meses em que fiquei sentada no seu camarim nos bastidores de A Little Night Music.

4. Bernadette Peters.
Outra estrela da Broadway, Bernadette Peters interpretou minha mãe por seis meses na realização de A Little Night Music. A sua positividade e habilidade de dar risada em qualquer situação era – e ainda é – muito inspirador pra mim. Apesar de seu status de celebridade, ela estava nas trincheiras conosco na realização do show e participava avidamente em qualquer coisa e em tudo que pudesse. Ela também consegue de alguma forma conciliar sua carreira com suas ajudas humanitárias que fizeram uma grande diferença em comunidades de adoção de animais. Ter uma consciência de como ela usou sua própria voz para o melhor é uma coisa que me marcou até hoje.

5. Angela Lansbury.
No dia seguinte à minha chegada a NYC, eu conheci a grande Angela Lansbury. Consequentemente, ela interpretou minha avó em A Little Night Music. A maioria das minhas cenas era com ela e por isso passei a maioria do meu tempo livre no camarim ouvindo suas histórias e seus conselhos. Ela é uma das mulheres mais gentis que já conheci, mas tão esperta e inteligente, especialmente em assuntos a respeito de carreiras de mulheres jovens no entretenimento. Um dia ela se virou pra mim antes de irmos para o palco e me disse para “brincar” na cena – não ficar com medo de algo novo. Eu dou crédito a Angela por me dar confiança para seguir meus instintos e continuar honesta comigo mesma.

6. Catherine Zeta-Jones.
Catherine interpretou minha mãe em A Little Night Music por seis meses. Ela é uma das únicas mulheres que conheci que ainda têm o glamour natural de uma estrela de filme clássico de Hollywood. Além disso, Catherine é incrivelmente inteligente, generosa e realmente gentil. Ao assisti-la, eu aprendi que era possível ser uma mulher confiante e sexy e respeitada pelos seus colegas de trabalhos e não ser posta em uma caixa feminina. Ela é uma força a ser reconhecida – e eu espero seguir seus passos.

7. Malala Yousafzai.
A história da Malala têm estado na mídia há anos. A sua luta por direitos e educação das mulheres no Oriente Médio quase custou a sua vida. Apesar dos perigos, ela não parou de lutar pelo que acredita ou de se educar. Ela se tornou um símbolo de direito das mulheres, de esperança e força por todo o mundo. Seu altruísmo e usar a sua vida para trabalhar numa causa que importa são qualidades que eu realmente acho importantes.

8. Audrey Hepburn.
Eu assisti Minha Bela Dama pela primeira vez quando tinha seis anos de idade. A partir desse momento eu era uma fã. Eu não sabia porque no momento, mas eu me impressionei tanto com essa mulher que conseguia interpretar a transformação da garota das flores para a socialite glamourosa. Ao aprender mais sobre ela, Audrey Hepburn se transformou a definição da minha classe na minha mente. De seu trabalho como atriz, seu status como ícone fashion e seus esforços humanitários, ela fez cada dia de sua vida significar algo. Eu posso só esperar ter um mero pedaço do tamanho do impacto que ela teve no mundo.

9. Ellen DeGeneres.
Eu cresci assistindo a Ellen. Era uma coisa que eu fazia todos os dias com minha mãe e avó. Ellen se tornou um exemplo pra mim. Ela é uma grande mulher profissional. Em sua atuação e seu sucesso como mulher de negócios e anfitriã de talk-shows e até sua compaixão e cuidado com pessoas necessitadas, ela é uma pessoa que eu realmente aspiro me parecer.

10. Brie Larson
Brie Larson não é só uma das minhas atrizes favoritas, mas uma que eu gostaria de seguir os passos. Ela escolhe projetos interessantes e desafiadores e se compromete completamente a eles. Como resultado, seu trabalho é brilhante, reconhecido e respeitado. Além disso tudo, ela parece conseguir ser ela mesma e não ser pega no glamour de Hollywood. Eu planejo fazer o mesmo.

Fonte | Tradução: Camila – Equipe Kat McNamara Brasil