ENTREVISTA: Kat McNamara fala sobre Javier Muñoz, Idris e Clary ao Syfy
21 de março de 2018 categoria principal: Entrevistas
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat falou sobre seus momentos favoritos de Shadowhunters,Idris e a participação de Javier Muñoz na série. Confira:

É um novo mundo nesta temporada em Shadowhunters — literalmente. Sem Valentine, terceira temporada promete entregar novos males, consequências contínuas e um olhar épico em Idris, terra natal dos Shadowhunters. SYFY Fangrrls conversou com Clary Fairchild, Katherine McNamara, sobre o que os fãs podem esperar, junto com um lembrete, no mundo dos Shadowhunters, espere o inesperado.

Esta temporada parece um novo começo? Com o Valentine fora, as coisas vão ser diferentes?

As coisas estão definitivamente diferentes. Eu não o chamaria necessariamente de um novo começo, porque as consequências das ações de todos, e das ações de Clary em particular, realmente irão se concretizar nesta temporada. E acho que essa é a maior parte disso para ela, você sabe, ela veio a este mundo com essa sensação de admiração com olho arregalados por causa desse mundo de magias, fadas, vampiros, feiticeiros e anjos e, de repente, depois de passar por tudo, depois de matar seu próprio pai, perder sua mãe, tudo o que passou, ela vê o mundo pelo que é, que é um mundo frio e muito mortal que não tem perdão e não tem piedade.

Como você acha que Clary, tanto como personagem quanto como atriz, mantém algum nível de esperança nesse mundo?

Essa é a coisa sobre Clary. Sim, ela tem um novo senso de maturidade e, sim, seguindo em frente, ela vê o mundo com uma visão mais realista; há sempre uma sensação de esperança nela. Há sempre essa pequena chama de luta e esperança dentro dela de que ela nunca desistirá. Ela nunca irá desistir, nunca perderá o fogo. É isso que faz dela quem ela é; esse é o Fairchild nela. É esse sentimento imortal de esperança. Você sabe, ela tem a leveza de ser uma Fairchild e ainda assim ela tem a ferocidade de ser uma Morgenstern e a teimosia de ser uma Morgenstern que combinados formam essa personagem teimosamente esperançosa que encontrará um caminho.

Existe alguma coisa dos livros que os fãs estão ansiosos para ver nesta temporada? Qualquer coisa que você pode nos dar uma pequena sugestão?

Eu posso dizer que sim. [risos] Muitos personagens novos estão chegando e eu acho que as pessoas ficarão empolgadas, há alguns pontos do enredo que as pessoas vão reconhecer, mas as coisas geralmente acontecem de uma maneira diferente do que as pessoas esperam. Então não fique muito confortável, porque isso muda algumas vezes.

Você disse que vamos ver alguns novos personagens, mas vamos ver algum favorito dos fãs de novo, como Iris e Madzie?

Há muitas pessoas voltando, mas nem todo mundo. Vou deixar para o espectador descobrir enquanto eles assistem.

Quais foram os seus momentos favoritos da série até agora?

É realmente emocionante ver os relacionamentos se aprofundarem. Há algumas coisas que acontecem—UGH, como eu não posso estragar isso? Basicamente, todos os relacionamentos estão tentando encontrar seu caminho nesta nova ordem mundial, e cada personagem tem um desafio que eles precisam enfrentar. Colocando isso em termos da série, o glamour desapareceu e cada personagem tem seu próprio demônio pessoal que está vindo para eles, e eles sabem que devem derrotar o demônio ou isso irá quebrá-los. E eles têm que aprender em quem podem confiar e contar, e precisam aprender quando aguentar por conta própria e quando confiar em alguém. Então, você realmente vê muitos dos seus relacionamentos mudarem e muitos dos relacionamentos se aprofundam. Você também vê algumas pessoas separadas. Por exemplo, você vê Clary e Luke se apoiarem um pouco mais porque ambos perderam muitas pessoas. Luke perdeu seu parabatai e o amor de sua vida; Clary perdeu sua mãe e pai. Luke é uma das únicas rochas e uma das únicas forças de apoio que resta em sua vida, e por isso ela se apoia fortemente nele. Enquanto Clary e Simon, Clary ainda está tentando descobrir o que está acontecendo com Jace e tenta ajudá-lo por causa da culpa e responsabilidade que ela sente pelo o que ele está passando, e Simon está lidando com a promessa que fez a Rainha Seelie, e todos os efeitos secundários que terão em sua vida, isso os leva a se afastarem e ficarem sem esse confidente, essa veia de apoio que eles tiveram um para o outro. E continua através de todos os relacionamentos, e porque conhecemos os personagens tão bem agora—como os espectadores e os atores—, é emocionante para nós explorarmos diferentes lados dessas relações que trazem diferentes elementos dos personagens.

Pelas promos parece que nós veremos Idris. Quanto desse set é CGI, e como foi filmar isso?

Nossos designers e nossa equipe de VFX são muito criativos nas formas como trabalham juntos. Temos um set de tela azul e verde de 360 graus, e assim, por exemplo, a cena da cerimônia de runas que você viu, isso meio que constrói os arcos, os pilares e todos os diferentes elementos do mundo, e então eles pintam no resto. Tem essa cena aérea épica que desce pela cidade e você realmente vê a extensão de Idris pela primeira vez e a beleza e a grandeza da terra natal dos Shadowhunters. Mas também, quando chegamos a ver Alicante, eventualmente, eles pegam nosso set do instituto e eles estabelecem um andar diferente, mudam as paredes e reorganizam as coisas, rodam certas salas e trocam os móveis. E de repente é um lugar novo em folha. De repente, estamos em Idris.

Javier Muñoz, de Hamilton, vem provocando fãs no Instagram sobre seu envolvimento nesta temporada—você pode nos contar um pouco sobre isso?

Eu posso te dizer que o Javi entra e interpreta talvez um dos meus personagens favoritos. É um novo personagem, estou tentando lembrar se ele é dos livros ou não, mas seu papel foi definitivamente enfatizado. Javi é incrível. Ele é tão brilhante e ele é como uma luz, e é um ser humano tão maravilhoso, genuíno e talentoso. Eu poderia continuar falando sobre ele. Ele e eu realmente nos conectamos através das redes sociais.

Porque ele era fã primeiro, certo?

Sim, no final das contas—eu era fã de Hamilton e estava seguindo ele, e então ele começou a twittar sobre Shadowhunters e eu falei: “Ooh, espere, o quê?” Nós dois tietamos um pouco e então aconteceu que ele acabou entrando na série através de nossos showrunners, decidindo que era uma oportunidade muito boa para deixar passar, e felizmente eles foram capazes de fazer funcionar com sua agenda de Hamilton. Tem sido um presente tê-lo na série. Ele é realmente fabuloso.

Você ainda está filmando a nova temporada ou está pronto?

Nós estamos. Estamos filmando o episódio 15 agora. Estamos quase terminando, o que é muito estranho, porque parece que acabamos de começar a segunda metade da terceira temporada. Mas estou muito empolgada para que as pessoas finalmente vejam isso. Porque a série continua crescendo, e a cada temporada damos mais um passo à frente e outro passo mais profundo na escuridão do mundo das sombras. A antecipação para mim, sabendo o que os fãs irão ver, é absolutamente ótimo.

Uma última pergunta: qual é a principal coisa que você espera que as pessoas aprendam com a série?

A principal coisa que espero que as pessoas aprendam com a série é o fato de que não importa quem você é, e não importa o que você esteja passando, não importa o quão poderoso você seja, todo mundo tem algo que eles estão enfrentando na vida. Todo mundo tem um demônio, seja um demônio interno, um demônio exterior, um demônio maior ou uma Rainha do Inferno, todo mundo tem algo que eles estão enfrentando. E é por todo do caminho para encontrar sua força interior, que você encontra os poderes que são inerentes a você, mas também encontra as pessoas ao seu redor que estão lá para você, que vai aceitá-lo por quem você é e apoiá-lo e celebrar seus talentos, e que você pode celebrar o deles—é assim que você passa por isso; É assim que você derrota esses demônios, e é assim que você evita se quebrar com o que a vida lança em você. Isso é o que eu amo sobre séries sobrenaturais. Realmente nos permite fazer coisas muito, muito humanas e mergulhar em circunstâncias realmente relacionáveis, mas através do véu de um mundo sobrenatural que permite que todos sejam objetivos. Certamente aprendi muito comigo mesma, e certamente cresci como ser humano ao fazer essa série, tanto quanto atriz, bem como uma lutadora e uma atleta. É o crescimento que continua a tornar a série tão especial.

Fonte | Tradução: Equipe Kat McNamara Brasil