ENTREVISTA: Kat McNamara fala sobre estilo, Shadowhunters e a campanha da Wallflower Jeans ao Viva Glam Magazine
15 de junho de 2016 categoria principal: Entrevistas
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat concedeu uma entrevista ao Viva Glam Magazine e falou sobre o estilo da Clary, o que podemos esperar da segunda temporada de Shadowhunters e sobre ser o novo rosto da Wallflower Jeans. Confira:

Ser um escritor popular de uma série de livros infanto-juvenil é o sonho de centenas de autores do mundo todo. Não é mais bom o bastante apenas publicar um livro, ser a próxima J.K. Rowling, Cassandra Clare ou Stephenie Meyer é o novo objetivo. Por que? Porque não só esses livros vendem milhões de cópias, mas também se tornam franquias incríveis para filmes e séries de TV. Nós vimos o sucesso dos filmes de Harry Potter e também os de Crepúsculo. Então quando Os Instrumentos Mortais não se saiu muito bem nos números de audiência como nós esperávamos, Hollywood ficou confusa. Mas agora nós entendemos o por que: é muito melhor como um seriado de TV, como o Shadowhunters da Freeform.

Se você ainda não assistiu Shadowhunters, nós recomendamos bastante que você o faça. Você consegue entender e acompanhar facilmente, e se apaixonar com a série sem mesmo ter lido os livros. Ela é boa assim sozinha. E a série tem um elenco incrível que inclui Katherine McNamara, Dominic Sherwood, Alberto Rosende, Emeraude Toubia e mais. A química do elenco é inegável, a escrita é fenomenal, e até o guarda roupa é uma coisa que só poderíamos imaginar em nossos sonhos.

Entre as gravações da temporada 1 e 2 nós conversamos com Katherine McNamara, a própria Clary Fray, sobre a experiência louca que ela está tendo desde que entrou para Shadowhunters. Ela também foi recentemente nomeada a nova embaixadora do WallFlower Jeans, seguindo os passos de Sarah Hyland, Bella Thorne e Olivia Holt. Nós descobrimos o porque dela amar a marca, como a sua vida mudou desde que começou a série e o que podemos esperar da Clary na segunda temporada!

PERGUNTAS E RESPOSTAS COM KATHERINE MCNAMARA

Shadowhunters e Os Instrumentos Mortais têm uma grande quantidade de fãs. Nós sabemos, por termos conversado com Emeraude em janeiro, que só ter entrado no elenco já mudou suas vidas. Como sua vida mudou após o anúncio da sua participação como Clary Fray e como sua vida mudou desde que os episódios começaram a serem lançados em janeiro?
Foi uma loucura. Duas horas antes de anunciarem (quem iria interpretar) Clary no Twitter, eles postaram um tweet dizendo “Ei, galera! Em duas horas nós vamos anunciar quem interpretará Clary”. Eu ainda não tinha ouvido falar em nada então imaginei que fosse outra pessoa. Meus empresários me ligaram e disseram que ninguém tinha falado nada, mas pediram para eu continuar esperando. Por duas horas, eu fiquei surtando, observando o Twitter explodir. Eu até fui na academia usar aquela energia toda para alguma coisa! Dez minutos antes deles anunciarem no Twitter, eu recebi a ligação. Eu estava sem palavras e chocada. O fandom inteiro estava prestes a descobrir. Eu tinha visto outros anúncios do elenco e os fãs eram muito opinativos e envolvidos então eu estava nervosa. Eu não sabia o que eles pensariam de mim, se iriam me achar boa para trazer a personagem deles a vida. Mas eles me fizeram sentir bem vinda, todos nós, de braços abertos. Nós fomos muito sortudos nesse sentido. Meu número de seguidores cresceu muito desde a escolha de elenco. É um sistema de comunidade e apoio que é uma coisa que eu tinha experienciado antes numa escala bem menor, e essa é a primeira vez numa escala tão grande. Eu tenho sorte o bastante por estar fazendo o que eu amo. Essa história significa tanto para tanta gente!

É preciso muita vulnerabilidade e mente aberta para interpretar uma personagem como Clary Fray. Quem você usou como inspiração para interpretar Clary?
É um momento bem empolgante para ser uma mulher jovem na televisão, numa história como essa. Existem tantos exemplo ótimos agora [que me inspiram], como a Jennifer Lawrence em Jogos Vorazes até personagens da Marvel – Jessica Jones, Viúva Negra. Têm tantas além de super heroínas, também! Alex Parrish em Quântico, Carrie em Homeland. Existem tantas outras heroínas fortes, diversificadas e bem desenvolvidas. Isso torna excitante ser uma mulher entrando nessa indústria e essa indústria está muito preparada para ver essas personagens serem trazidas à vida.

A parte fashion da série é tão bem pensada. Cada personagem tem seu próprio estilo. O que você ama sobre o guarda roupa da Clary e o que você acha que isso diz sobre ela?
Como você disse, cada personagem tem seu próprio estilo específico. Nós temos Shelley Mansell [figurinista], que é incrível e isso é uma coisa que ela realmente está focada. O guarda roupa de cada personagem é bem específico sobre suas personalidades. O que você veste é uma expressão exterior de quem você é. É um modo de mostrar ao mundo quem você é sem ter que dizer nada. O guarda roupa da Clary é bem similar a como me visto na vida real. É cheio de jeans bem fodas e jaquetas de couro. Eu comprei roupas bem parecidas para mim mesma. Nós temos essa paleta de cores que eu amo e [Shelley] vai trazer uma estante cheia de peças.

O que podemos esperar de Clary na segunda temporada?
Nós deixamos o final da primeira temporada com o Jace talvez indo para o lado negro. Clary está percebendo que sua mãe esteve mentindo para ela nos últimos 18 anos. Tem muitas inversões de papéis com Clary e Jace. Ele está começando a questionar tudo sobre quem ele é, agora que ele sabe que Valentine é seu pai. Clary estava questionado tudo desde o primeiro dia e esteve tropeçando nesse novo mundo. Mas, agora, ela está mais estável e é parte do time.

EMBAIXADORA DO WALLFLOWER JEANS

Você agora é o rosto da marca Wallflower Jeans. O que significa para você ser embaixadora de uma marca como Wallflower Jeans?
É uma grande honra. Eu sempre amei essa marca então está sendo muito bom ser a embaixadora deles.

O que você ama sobre o Wallflower Jeans?
Eu amo que eles têm tantos estilos, eles são bem versáteis, e tem algo para todo mundo. Todos precisam se vestir do jeito que querem. Não importa qual seu estilo, tamanho, forma; têm roupas para qualquer tipo de pessoa na Wallflower.

A hashtag para acompanhar essa campanha é #GoYourOwnWay (#FaçaDoSeuPróprioJeito). De que forma você está fazendo do seu próprio jeito?
Fazendo isso, e tendo a responsabilidade da série e da campanha, é um jeito de usar um pouco da voz que tenho. Eu preciso fazer uma diferença, fazer algo positivo. Eu também sou uma embaixadora da Girl Up do U.N. Eu nunca fui normal. Eu me formei no ensino médio aos 14 anos (e na faculdade aos 17!). Não há nada disso que tenha sido normal. Eu estou bem sendo diferente, mas eu vejo muitas mulheres jovens sofrendo por serem diferentes. Muitas pessoas não percebem que individualidade é o que nos faz maravilhosas. Eu quero ajudar pessoas a entenderem isso.

Fonte | Tradução: Camila – Equipe Kat McNamara Brasil