ENTREVISTA: Kat McNamara fala sobre atuação, Shadowhunters, estilo e mais com a Modeliste Magazine
23 de janeiro de 2017 categoria principal: Entrevistas
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat fez um lindo photoshoot e falou sobre Shadowhunters, atuação, seu estilo e futuros trabalhos para a Modeliste Magazine. Confira:

Ensaios Fotográficos – Photoshoots > 2017 > Modeliste Magazine

A atriz, Kat McNamara, fala com a Modeliste sobre o que mais a inspira em atuar, seus últimos ícones de moda, seus próximos projetos de cantar e compor, e o que a faz se sentir um máximo todos os dias. Além disso, veja seus itens essenciais de moda e beleza aqui.

Onde você cresceu?
Eu cresci em Kansas City, Missouri. Churrasco, beisebol, fontes. Eu amei crescer lá.

O que te inspirou para começar a atuar?
Nós vivemos em um mundo que foca muito em beleza, perfeição e filtros que algumas vezes esquecemos que a real beleza da humanidade está nas imperfeições. Não tem nada de errado em se esforçar para ser o seu melhor, mas não mude completamente quem você é para se adequar a um molde. Isso é o que me inspira a criar esses personagens – a oportunidade de expor falhas humanas numa perspectiva positiva. Atores vão aos lugares emocionalmente desconfortáveis e confrontam esses problemas na esperança de que isso irá inspirar pessoas a refletir sobre suas próprias vidas e quaisquer problemas que eles podem estar enfrentando.

Você tinha outras aspirações sobre o que você queria ser antes de ir atuar?
Sim! Na realidade, eu nunca desejei me tornar atriz. Meu plano inicial era seguir na área de finanças. Economia era a minha paixão e eu queria me tornar uma analista financeira, diretora financeira ou economista. Entretanto, eu encontrei um amigo da família que estava dirigindo uma peça comunitária, dei uma chance por diversão, me apaixonei e bom, o resto é história. Realizei meus sonhos econômicos obtendo um Bacharelado em Administração de Empresas.

Você estrela um show eletrizante e bem sucedido, Shadowhunters. Você pode descrever o seu papel?
Primeiramente, obrigada. Em segundo, eu interpreto Clary Fray, uma estudante de artes do Brooklyn que descobre que ela é uma Caçadora de Sombras, uma caçadora de demônios metade anjo, metade humana. Conforme ela é jogada nesse mundo, ela enfrenta alguns demônios, literais e figurados. Na segunda temporada, em particular, você vê uma nova maturidade em Clary enquanto ela começa a entender o que significa ser uma caçadora de sombras e como usar seus talentos únicos para encontrar seu lugar no mundo. O que eu mais admiro na Clary é que o seu fogo interior e relutância em aceitar derrotas. Não importa o que aconteça com ela, ela sempre tem essa fagulha de esperança em que ela se agarra. Isto é algo que todos nós poderíamos usar no momento.

Qual a parte mais desafiadora desse papel?
As partes mais desafiadoras são as mais excitantes. Fisicamente, o papel é muito exigente. Nós fazemos a maioria das lutas e acrobacias então há um bom treinamento obrigatório no nosso tempo livre. Eu realmente aprecio o desafio de aprender diferentes artes marciais assim como empurrar minha capacidade física a novos níveis. Além disso, eles continuam expandindo nossos personagens enquanto desenvolvem e fornecem arcos interessantes e desafiantes para todos nós. No geral, a série é um processo de aprendizado enorme para mim e estou amando cada minuto.

Shadowhunters é ambientada em um cenário de fantasia onde existem vampiros e lobisomens e fadas – você sempre teve interesse neste tipo de história de fantasia quando criança? O que te intrigou nesse papel que fez você querer encenar essa personagem?
Eu sempre amei contos de fadas e histórias de fantasia. Eu também sempre amei histórias com personagens femininas empoderadas e independentes no comando. Shadowhunters fornece ambos para mim. Eu sempre acreditei que há um pouco de magia para ser encontrada no mundo se nós escolhermos vê-la. Agora, eu posso viver e criar essa magia todos os dias. Além disso, Clary fornece uma interessante jornada de uma garota que é obrigada a ter responsabilidade e seriedade sem qualquer preparação. Seu crescimento em quem ela está destinada a se tornar, é verdadeiramente a viagem do herói e sempre um estudo. Sua paixão e desejo para o que ela faz combina com a minha e com o meu trabalho. Ela tem fogo e isso me inspira todos os dias.

O que a segunda temporada reserva que os telespectadores devem ficar ligados?
Eu não tenho a liberdade de revelar muito neste momento, nem gostaria de estragar o show para ninguém. Mas o que posso dizer é que a segunda temporada leva o Mundo das Sombras para o próximo nível. Agora que tivemos a chance de estabelecer esses personagens, relacionamentos, e o mundo, temos a oportunidade de mergulhar mais fundo na história. Nesta temporada, nós empurramos os personagens para além dos seus limites, os tiramos do equilíbrio, o que os faz ir a lugares e os obriga a revelar partes de si que você não consegue ver nem mesmo na série de livros. Ninguém está seguro, nada é sagrado, e nenhum relacionamento escapa ileso. O que esses personagens estão aprendendo é que não há um bem ou mal puros neste mundo, é tudo em tons de cinza em um mundo de sombras.

O que é um dia típico no set para você?
Algo que amo sobre Shadowhunters é que nunca há um “dia típico”. Há tantos aspectos e elementos para o show, todo dia produzem um novo desafio. Alguns dias são mais focados no drama de um personagem, enquanto outros são completamente baseados em ação. Nunca há um momento entediante nesse set!

Como você descreveria seu estilo?
Eu descreveria meu estilo pessoal como clássico moderno. Eu fico em uma paleta de cores neutras e silhuetas clássicas acentuadas com peças inesperadas para adicionar um pouco de modernidade. As pessoas dizem que eu uso muito preto, mas eu amo. É simples, chique, e faz eu me sentir o máximo todos os dia. Além do mais, eu posso brincar colocando peças diferentes juntas se elas são todas da mesma cor.

Tem algum ícone da moda que você admira?
Emma Watson, Gigi Hadid, Audrey Hepburn, e Winona Ryder dos anos 90.

Quais são 3 itens de roupas básicas que cada menina deve comprar para ter um guarda-roupa sofisticado?
JAQUETA DE COURO – casual para vestir, o máximo para estilo boho, uma jaqueta de couro é o camaleão de um guarda-roupa. Além disso, se você investir em uma peça de qualidade, pode durar anos.
BOTAS VERSÁTEIS – encontre um bom par de botas que combinem com seu estilo e calce até desgastar! Elas não só são confortáveis e funcionais, elas tornam qualquer look um pouco badass.
JÓIAS BARATAS – Procure uma peça com a qual você se conecte, que significa algo para você ou declara quem você é. Algo simples e versátil que pode combinar com qualquer look pode personalizar o seu guarda-roupa.

Quais são os seus 3 aplicativos favoritos do momento no seu telefone?
Spotify – Estou sempre procurando por música nova.
Buzzfeed – Ele tem um grande equilíbrio de diversão e informação.
Pinterest – Receitas, decoração de casa, cores de unhas, tendências de maquiagem, novos exercícios – ele tem tudo!

Qual música você mais tocou neste mês?
Shape of You – Ed Sheeran, Sthlm Nights – Peg Parnevik, Somebody Else – VERITE

Qual é a sua atual cor preferida para os lábios?
Minha cor atual para os lábios no cotidiano é o chubby stick da Clinique, Whole Lotta Honey. No entanto para sair ou qualquer outra ocasião especial eu adoro brincar com os batons da ColourPop. Eles têm tantas cores incríveis!

Você tem algum produto de cabelo favorito que é essencial?
Oribe é minha obsessão atual quando se trata de produtos de cabelo. Seu shampoo e condicionador mantêm o meu cabelo saudável. O spray de texturização segura, ainda mantendo-o palpável. O Balm d’Or Heat Styling literalmente conserva o meu cabelo da destruição quando uso secador.

Para onde você mais gostaria de viajar que você não foi ainda?
Todos os lugares. Viajar é um dos meus passatempos favoritos. Dê-me o meu passaporte e uma passagem e eu estou pronta para ir. Viajar fornece tanto aprendizado, experiência e compreensão de outros pontos de vista, eu acho isso realmente grandioso. Sinceramente, esta é uma escolha difícil de fazer porque eu quero ver o mundo. Eu acho que Europa é a minha próxima aventura, talvez a Tailândia… América do Sul? Claramente tenho algumas decisões a fazer…

Qual é o seu espírito animal?
Meu animal espiritual é uma zebra, eu acho… Ela é poderosa, ativa e vive uma vida em preto ou branco, ela nem sempre sabe qual é qual. Eu sempre quero que minha vida seja bem definida, certo ou errado, a ou b, para cima ou para baixo, mas eu estou aprendendo que nem sempre é o caso… Eu tenho que me lembrar de aceitar um pouco as áreas cinzentas da vida e que está ok se eu não souber se eu sou branca com listras pretas ou preta com listras brancas.

Descreva um típico dia de folga do trabalho.
Novamente, meus dias nunca são típicos e isso é divertido. Se eu tiver tempo livre, estou trabalhando no meu Mestrado em Literatura, provavelmente indo à academia ou à uma aula de spinning, comendo comida mexicana, e passando um tempo com os amigos. Eu provavelmente estarei em uma noite de jogos jogando Mafia ou adivinhando charadas até as primeiras horas da manhã.

Você tem algum projeto por vir que possa nos contar?
Música! Além de Shadowhunters e Maze Runner: A Cura Mortal, estou escrevendo e gravando música no meu tempo livre. Eu realmente gosto de ter um lado criativo em que não estou em um personagem. Minha música me permite partilhar um pouco de quem eu sou com o mundo e é muito refrescante. Eu mal posso esperar para que as pessoas escutem.

O que você ama na Modeliste?
Eu amo que Modeliste é destemida e experimental. Eu me diverti muito nessa sessão de fotos, brincando com o guarda-roupa diferente, cabelo e maquiagem, e configurações de iluminação. Eu aprendi muito e realmente estive fora da minha zona de conforto. Obrigada!

Tradução: Equipe Kat McNamara Brasil