Archive for 'A Sort of Homecoming'



ENTREVISTA: Kat McNamara fala sobre A Sort Of Homecoming e música ao RadioFree
10 de julho de 2016 categoria principal: A Sort of Homecoming
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat concedeu uma entrevista ao RadioFree onde falou um pouco mais sobre seu filme, A Sort of Homecoming e sobre música. Confira:

Com a chegada da idade do drama, Amy (Laura Marano), uma estudante do ensino médio que foi dada para adoção por sua mãe biológica, vê em uma competição por uma bolsa de estudos através de um debate, a chance de ganhar uma passagem sem volta da pequena Louisiana, sua cidade natal. Junto com seu amigo e companheiro de debate, Nick (Parker Mack), que compartilha o mesmo desejo de recomeçar, graças ao seu pai abusivo, ela avança no campeonato nacional com a ajuda de Rosa (Katherine McNamara), uma brilhante acadêmica que parece fazer todas as suas atividades sem o menor esforço e nasceu com uma grande vantagem social. Ambientado nos anos 80, o filme conta a maioria das histórias cheias de ombreiras e dias coloridos, mas também segue Amy na idade adulta (onde será interpretada por Michelle Clunie), onde descobrimos que ela retorna para sua cidade natal, da qual havia fugido, quando um velho amigo precisa dela. A reunião nostálgica desperta fantasmas e arrependimentos, e permite que Amy reconcilie seu passado com seu futuro.

A personagem Rosa, interpretada por Katherine McNamara, é intrigante de uma maneira formidável, com seus traços que parecem contradizer seus dons naturais. Como uma das principais debatedoras da nação do ensino médio, ela usa a linguagem como sua arma, disparando as palavras como uma arma de artilharia. Ela destrói a competição de todos os ângulos possíveis, tudo isso mantendo um ambiente calmo, fresco, coletado por toda a parte. Entretanto, apesar de seu grande talento, ela não tem interesse em seguir no debate competitivo nos seus anos de faculdade; e apesar de suas emoções serem constantemente medidas e algumas vezes silenciadas, ela está mais do que disposta a parar e dar uma mãozinha para orientar Amy.

Sua personagem, Rosa, é tão impressionante na forma em como sempre dá o seu melhor. Deu trabalho criar essa personagem brilhante e descontraída?
Em primeiro lugar, obrigada! Eu quis fazer várias pesquisas, porque sim, Rosa está sempre fazendo o seu melhor, e ela é supostamente uma das melhores debatedoras da nação. Então eu fiz muita pesquisa sobre debates, em como entrar, quais as diferenças técnicas, e como os maiores debatedores são capazes de sair do próprio discurso que criaram. Eu assisti muitos documentários e assisti muitas entrevistas. Mas, felizmente, eu tinha feito bastante Sondheim em meus dias de teatro musical e Sondheim tem um ótimo padrão para debate.

(mais…)

ENTREVISTA: Kat McNamara fala sobre A Sort of Homecoming para StarryMag
08 de julho de 2016 categoria principal: A Sort of Homecoming
Postado por Leili Santos
COMPARTILHE

Kat fala sobre seu filme A Sort of Homecoming, sua personagem Rosa e seu EP. Confira:

O que havia no filme A Sort of Homecoming ou sobre o papel que fez você querer ser parte dele?
Assim que eu li o roteiro, eu sabia que ia ser algo especial. Havia algo sobre a história e seu realismo… Foi como ele derramou a sua luz sobre este esporte que une tantas pessoas. Foram os paralelos com a vida e uma história de amadurecimento. Foi algo que eu instantaneamente me senti conectada e pensei que seria ótimo. Então, eu tinha que ser uma parte disso de alguma forma.

Como foi trabalhar com Laura Marano?
Eu adoro Laura! Ela e eu éramos boas amigas antes de filmar, mas nos tornamos mais próximas durante as filmagens. Eu a adoro. Ela é apenas uma pessoa divertida e feliz. Ela é genuinamente um verdadeiro ser humano e que é sempre incrível de se trabalhar. Havia tanto poder feminino no set. Entre a nossa diretora Maria Burton que é absolutamente fabulosa e tão inteligente e informada… Tivemos uma diretora de fotografia e a maior parte de nossos produtores eram mulheres. Foi realmente um filme por mulheres, para mulheres, sobre mulheres. Algo sobre isso realmente me surpreendeu.

Quais qualidades de Rosa você acha que tem em comum?
A confiança de Rosa é realmente o que me atraiu para o personagem. Foi a sua confiança, coragem e sua simplicidade. Estas são todas as qualidades que eu tomei muito imediatamente. Ela era apenas uma personagem divertida de interpretar. Foi muito divertido para mim trazer a sua personalidade na história. Ela é a única exótica de uma pequena cidade que se muda para a cidade grande e chega agitando as coisas. Isso é sempre um personagem divertido de interpretar.

Como você se preparou para ser uma debatedora mestre?
Na verdade, todos nós fizemos um monte de pesquisa – Eu em particular. Rosa é a debatedora principal e deve ser uma das melhores, então eu queria me certificar de que tinha conhecimento suficiente para trazer isso para a vida de uma forma realista. Eu vi um monte de documentários e um monte de entrevistas com debatedores. Não é algo que eu já tinha conhecimento, então eu pratiquei bastante. Felizmente, eu fiz um monte de Sondheim em meus dias de teatro musical, então eu sou capaz de falar rapidamente.

(mais…)